Parcerias e iniciativas
G4-16

Comissão de Sustentabilidade da Associação Brasileira das Indústrias de Óleo Vegetal

Como membro da Comissão de Sustentabilidade da Associação Brasileira das Indústrias de Óleo Vegetal (Abiove), a AMAGGI adere ao objetivo de discutir e implementar, de forma conjunta com as empresas associadas, projetos de sustentabilidade para o setor produtivo da soja.

Em 2016, a Abiove realizou diversas ações de sustentabilidade. Envolvida com as discussões relacionadas ao Novo Código Florestal, a Comissão de Sustentabilidade da Abiove participou de três grupos técnicos da Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, com o objetivo de alinhar esforços coletivos na conservação das florestas e na promoção de uma agricultura brasileira sustentável. A associação realizou ainda o Seminário de Dez Anos da Moratória da Soja, com a presença de 180 participantes e dos ministros da Agricultura e do Meio Ambiente, bem como de diversas autoridades do setor empresarial, da sociedade civil e do meio acadêmico.

Além disso, em 2016 a Abiove realizou ações em áreas como o bioma Cerrado, o Programa de Gestão da Propriedade Rural - Soja Plus, o Programa Nacional de Resíduos Sólidos, e o Protocolo Verde de Grãos do Pará.

Grupo de Trabalho da Soja

Formado pelas empresas associadas à Abiove e à Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), pelo Ministério do Meio Ambiente, Banco do Brasil e organizações da sociedade civil representadas pelo Greenpeace, o Grupo de Trabalho da Soja (GTS) contou com posicionamento da AMAGGI no apoio à continuidade da Moratória da Soja – que em 2006 estabeleceu o compromisso de não comercializar nem financiar a soja produzida em áreas de bioma amazônico desmatadas após 22 de julho de 2008. Em 2016, a Moratória da Soja completou dez anos de combate ao desmatamento no bioma amazônico, e foi renovada mais uma vez com prazo indeterminado. O posicionamento da AMAGGI no GTS foi importante para a decisão da renovação.

Em 2016, ano que marca uma década de Moratória da Soja, a AMAGGI passou por auditoria de terceira parte que atestou o cumprimento desse compromisso, não sendo identificadas não conformidades no processo de comercialização.

Board do RTRS

A AMAGGI é membro e parte do board da Round Table on Responsible Soy (RTRS – Mesa Redonda da Soja Responsável), participando das discussões e aprovações de diretrizes e dos trabalhos para a evolução do mercado de soja certificada e melhorias no processo de certificação.

Força Tarefa Brasil RTRS

A RTRS conta com a Força Tarefa Brasil, grupo brasileiro da entidade que se encontra periodicamente para desenvolver projetos dedicados a promover e aprimorar o mercado e o próprio processo de certificação no Brasil.

Earth Innovation Institute

A AMAGGI é parceira do Earth Innovation Institute, referência internacional em assuntos como segurança alimentar, proteção às florestas tropicais e mudanças climáticas. A parceria tem por objetivo debater temas ligados a desempenho territorial e mecanismos financeiros e de mercado no combate ao desmatamento, em escala jurisdicional e regional.

Soja Plus

Programa organizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho do Mato Grosso (Aprosoja), o Soja Plus propõe uma melhor gestão da propriedade rural, a fim de gerar um processo de melhoria contínua dos aspectos ambientais, sociais e econômicos da produção. O programa foi iniciado em Mato Grosso e hoje se estende para outras regiões produtoras do país. A AMAGGI, por meio da Abiove, apoia o projeto desde o início, tendo confirmado nova parceria com a Aprosoja para a realização do programa Soja Plus nos municípios de Vera, Nova Ubiratã e Feliz Natal, todos em Mato Grosso.

The Nature Conservancy

Em uma parceria que se estende há mais de dez anos com a entidade The Nature Conservancy, a AMAGGI apoia a melhoria do desempenho ambiental de produtores rurais de Mato Grosso. A iniciativa tem foco principal no fortalecimento da regularização ambiental da região de Alto Teles Pires, nos municípios de Brasnorte, Campos de Júlio, Feliz Natal, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Lucas do Rio Verde, Sapezal, Sorriso e Tapurah, com projetos de restauração de áreas de preservação permanente (APP) e mapeamento de municípios, por meio do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia

A AMAGGI integra duas frentes de parceria com a ONG Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam). Uma delas é o projeto Territórios Sustentáveis, implantado em Mato Grosso, que tem por objetivo desenvolver parcerias locais para a melhoria do desempenho social e ambiental do município de Querência. A outra consiste no desenvolvimento de projetos de pesquisa científica relacionados à temática da preservação ambiental, dentro da Fazenda Tanguro, iniciativa que já completa mais de dez anos.

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável

A AMAGGI participa de diversas câmaras temáticas do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), como CTClima, CTBio, CTÁgua e CTSocial, com o objetivo de buscar, em conjunto com outras empresas, melhoria contínua na gestão das emissões, da biodiversidade, da água e do desenvolvimento local.

Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces)

A AMAGGI participa de grupos de trabalho junto ao Centro de Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVCes), como a Plataforma Empresas pelo Clima (EPC), o Grupo Brasileiro GHG Protocol, além de contribuir também na elaboração do GHG Protocol Agropecuário, sendo a primeira empresa a publicar seu inventário de emissões nos padrões definidos para o setor. Em 2016, a companhia participou ainda do grupo de Tendências em Serviços Ecossistêmicos (TeSE), com o objetivo de desenvolver metodologia de valoração dos serviços ecossistêmicos; do IDLocal, voltado à construção de estratégias e diretrizes empresariais para o desenvolvimento local; e da CiViA (Ciclo de Vida Aplicado), voltado à gestão estratégica das externalidades relacionadas ao ciclo de vida de produtos e serviços.

Estratégia MT: Produzir, Conservar e Incluir

A AMAGGI é membro e representante do setor privado do projeto Estratégia MT: Produzir, Conservar e Incluir. Em 2015, a companhia participou da Conferência das Partes (COP) da Convenção do Clima das Nações Unidas, um tratado internacional que busca combater as alterações climáticas causadas pelas ações humanas. A participação do estado de Mato Grosso e da AMAGGI foi muito expressiva no evento, e trouxe bons resultados para o combate às mudanças climáticas no Brasil.

Entre os objetivos da Estratégia MT, podem-se destacar: eliminar o desmatamento ilegal no estado até 2020; substituir 6 milhões ha de pastagens degradadas por cultivos de alta produtividade até 2030; recompor 1 milhão ha (100%) das APP degradas até 2030; conservar a área nativa do estado, hoje estimada em 60% de seu território; e aumentar de 20% para 70% a participação da agricultura familiar no mercado interno de alimentos.

Outras participações

A AMAGGI é membro da Comissão de Meio Ambiente da Organização dos Advogados do Brasil (OAB) de Mato Grosso, do Conselho Temático de Meio Ambiente (Contema) da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), da Comissão de Engajamento e Comunicação (CEC) da Rede Brasil do Pacto Global da ONU.