Linha do Tempo

Todos os Marcos
Marcos da AMAGGI
Marcos de Sustentabilidade
Início das atividades, em São Miguel do Iguaçu (PR), com a empresa Sementes Maggi.
Aquisição da Fazenda SM1, em Itiquira (MT), primeira propriedade no estado de Mato Grosso.
Inauguração do primeiro armazém da companhia, na Fazenda SM3, também em Itiquira.
Construção da primeira pequena central hidrelétrica, chamada Santa Lúcia I, e das linhas de transmissão e sistema de distribuição de energia, em Sapezal (MT).
Inauguração do Corredor Noroeste de Exportação e início das atividades da Navegação, em Porto Velho (RO) e Itacoatiara (AM).
Criação da Fundação André Maggi.
Início do processo de esmagamento de soja, em Cuiabá (MT).
Falecimento do fundador do grupo, André Antonio Maggi.
Início das operações da indústria de Itacoatiara.
Início da produção comercial de mais uma pequena central hidrelétrica, a Santa Lúcia II, em Sapezal.
Implantação do Sistema de Gestão Ambiental.
A empresa se torna signatária do Instituto Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo (InPACTO).
Adesão ao pacto setorial Moratória da Soja.
Criação da Seleção Pública de Projetos da Fundação André Maggi.
Conquista das certificações ProTerra e ISO 14001.
Início da operação no Terminal de Granéis do Guarujá (TGG).
O faturamento da companhia alcança o primeiro bilhão de dólares.
A indústria de Lucas do Rio Verde (MT) recebe a primeira carga de soja.
Início das operações da AMAGGI em Roterdã, na Holanda.
Adoção das diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) para o relato da sustentabilidade.
Ampliação da presença da AMAGGI na Europa, com a aquisição de 51% das ações da esmagadora norueguesa Denofa.
Adesão ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU).
Inauguração do escritório de originação na Argentina.
Renovação e ampliação do escopo da certificação ambiental ISO 14001.
Conclusão das obras da nova sede, que é transferida de Rondonópolis (MT) para Cuiabá.
Conquista inédita da certificação da Round Table on Responsible Soy (RTRS), com as duas primeiras fazendas do mundo a obterem essa certificação.
Início da operação comercial da pequena central hidrelétrica Divisa.
A AMAGGI torna-se a primeira empresa brasileira a conquistar a certificação da International Sustainability & Carbon Certification (ISCC) – Energias Renováveis / Biomassa.
Reconhecimento como referência em gestão ambiental no agronegócio pelo Relatório Anual do Forest Footprint Disclosure (FFD) – edição 2011, divulgada em 2012.
A AMAGGI participa da Conferência Rio+20 como empresa modelo em painel sobre Agricultura Sustentável.
Abertura do escritório comercial em Lausanne, na Suíça.
Aquisição de 100% das ações da esmagadora norueguesa Denofa.
Início da operação das pequenas centrais hidrelétricas Segredo e Ilha Comprida, em Sapezal.
Aquisição da Fazenda Vale do Araguaia, em São Félix do Araguaia (MT).
Destaque no Guia Exame de Sustentabilidade.
Presidente da AMAGGI discursa no Global Compact Leaders Summit 2013.
Início das atividades da AMAGGI no Paraguai.
Novos armazéns em Matupá, Diamantino, Santa Rita do Trivelato e Tapurah, todos em Mato Grosso, começam a receber grãos.
Saída do primeiro comboio de transporte de grãos pelo corredor hidroviário Tapajós/Amazonas e início das atividades da Unitapajós, no Pará.
Publicação do inventário GHG Agrícola
A Fundação André Maggi passa a se chamar Fundação André e Lucia Maggi, em homenagem a sua fundadora.
Colheita da primeira safra da Fazenda Vale do Araguaia.
Início das operações do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), em São Luís (MA) e Portochuelo, em Porto Velho (RO).
Criação da Gerência Socioambiental e pagamento do Prêmio Produtores RTRS.
Início da parceria com a Childhood Brasil, no Programa Na Mão Certa.
Início das atividades de representação comercial na China.
Inauguração da primeira unidade misturadora de fertilizantes, em Comodoro (MT).
Aquisição de 50% da Estação de Transbordo de Miritituba (PA) e do Terminal Portuário de Barcarena (PA).
Lançamento da Certificação AMAGGI Responsible Soy Standard (A.R.S.).
Conquista do Selo Ouro pelo GHG Protocol Agrícola.
Implantação da ORIGINAR - Originação AMAGGI Responsável, plataforma de gestão e monitoramento da sua cadeia de grãos.